Inscreva-se

Nkruman Beia aconselha "Zone Music Vs Yebba Entertainment " a cessarem com Beef


Nkruman Beia


Meu parecer sobre o Beef – Zone Music Vs Yebba Entertainment
É imperativo que em nome do movimento rap e da cultura hip hop em si, e a luz dos contornos que este “Beef” assumiu, os dois conglomerados cessem quase que imediatamente esta atividade não muito dignificante, de modo a que não existam casualidades fatídicas. Quase não existem estímulos de debate intelectual, quando a actividade musical, resume-se a troca de diatribes e ofensas verbais a pessoas que nada têm a ver, é preciso que se limite a provocação da ofensa e a profundidade da mesma, quando está extravasa, o âmbito em que se insere. O contexto musical em que nos inserimos requer muita ponderação, uma vez que todas as opiniões, emitidas ou partilhadas têm consequências nefastas, se mal entendidas, ou mal interpretadas por terceiros, e laços tênues como o da amizade e cumplicidade são colocados em causa, em nome da pequenez das pessoas, do respeito, e da fama, pelo sucesso do mais disparatado, ou ainda, daquele que consiga manchar mais a integridade do rival, levando ao lamaçal da vergonha a verticalidade das próprias famílias.
Crescer pressupões maturidade, integridade, discernimento e equilíbrio emocional.
Por isso é imperativo que essa palhaçada termine já, pela ausência de sentido, e por proporcionar vantagem, à quem tem a intenção de nos querer ver divididos, de modo a conquistar o que é nosso enquanto angolanos, num mercado criado por nós, com muito esforço e dedicação.
Por ter a integridade e a liberdade para dizer que não, e a sensibilidade para apelar ao bom senso dos camaradas envolvidos nesta contenda, peço aos meus amigos e as respectivas “entourages” Zone Music e Yebba Entertainment, que terminem essas actividades pouco significantes para classe musical angolana (especialmente ao rappers), que pouco disto precisam. Precisamos de união para sermos mais fortes e poder-mos vencer, para que possamos progredir e evoluir o movimento, cissões são entraves a evolução e disto não precisamos. Precisamos sim da vossa colaboração e continua dedicação em prol do engrandecimento da música rap nacional, sublinho nacional feita em Angola.
Compartilhar Google Plus

Autor Santana Manucho

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial